BRECHÓ é só roupa velha?

Conheço muitas pessoas que tem certo preconceito com os famosos BRECHÓS, mas como a proposta de consumo consciente está muito in voga e os brechós voltaram a ser tendência, vale a pena a pensar com carinho essa possibilidade.

Aquelas roupas consideradas como "roupas de defunto" por alguns, pode ser uma solução bem barata por aquelas que querem comprar peças diferenciadas sem gastar muito, ou ainda, por aquelas que querem ter um guarda-roupa mais vastos de opções.

Mas se engana quem acha que é fácil fazer aquele achado nos brechós, é preciso prestar atenção em alguns item:

1. SABER O QUE PRECISA

A primeira regra antes de ir às compras é saber o que temos em nosso guarda-roupa e analisar como podemos multiplicar as propostas.Nada mais chato que comprar algo que não combina com nada, não é mesmo?


Pinterest



2. PROCURAR BRECHÓS NA SUA CIDADE

Uma forma para fazer isso é procurar no nosso velho amigo "Google", onde além de localizações, pode haver referências em blogs ou site comentando sobre  o assunto.
Pinterest


E para aquelas que gostam de viajar e garimpar peças legais, outra dica é EXPLORAR! No meio de suas andanças pelo centro é muito provável encontrar algum brechó bacana para fazer vários achados.

3. COMPARAR O PREÇO DA PEÇA VELHA COM O PREÇO DELA NOVA

Se é para garimpar, então temos que ter noção do real valor das peças. Já comprei bolsa de uma loja que por exemplo custava R$350 nova e paguei R$45 e confesso: quase não levava para casa! Quando lembrei o preço original da peça, percebi que era uma oportunidade, então precisamos levar isso em consideração.
Pinterest


4. TER UM OLHAR CLÍNICO DA PEÇA 

Para quem não é muito criativo, a ideia principal é guardar muitas referências de combinações em uma pasta no Computador ou no nosso amado Pinterest. Assim no momento do garimpo, será fácil identificar peças que serão uma ótima aquisição em nossa vida.

Pinterest


Eu compro muito em brechó e já estou acostumada com tudo isso, pois acho que vale muito a pena. Vocês já tiveram alguma experiência? Me contem!

Nenhum comentário